Você acredita em alienigenas?

terça-feira, 30 de abril de 2013

Apocalipses

Em Tortuguero no México, existem as ruínas de uma cidade Maia, uma civilização que se desenvolveu ali de 250 d.C. a 900 d.C. Dentre diversos artefatos encontrados neste local, existem exemplos de manuscritos conhecidos como hieróglifos maias. Uma linguagem escrita completamente desenvolvida. Em Abri de 2006, um grande pesquisador da cultura Maia, David Stewart, decifrou as inscrições do que ficou conhecido como Monumento 6.
Monumento 6
Ali, foi comprovado novamente, segundo alguns historiadores, que o calendário Maia terminaria em 21 de Dezembro de 2012. Segundo as lendas Maias, os Deuses retornariam nesta data. E inscrito nas pedras podemos ler: Ele descerá com sua glória.
Deus Bolon Yokte
O Deus Bolon Yokte. Este foi um dos Deuses Maias da criação, criador da inteligência humana. O fato de os Maias, naquela época preverem que ocorreria um marco no calendário, no caso o solstício de Inverno, e que haveria uma nova era começando, demonstrava o real e grande desenvolvimento das técnicas deste povo. A civilização Maia, criou-se ali desde 2000 a.C. Possuíam técnicas muito desenvolvidas como arquitetura, agricultura, matemática e astronomia. Para os teóricos dos Deuses Astronautas, todo esse avanço se deve em parte a contatos com seres extraterrestres, e uma prova disso seria o próprio método como criado o calendário Maia. Segundo estudiosos, a data inicial deste calendário é de 11 de Agosto de 3114 a.C. Porém nesta data, nem mesmo os Maias existiam. Então por que decidiram iniciar o calendário em 3114 a.C.?
Chilam Balam
Segundo os textos do Chilam Balam, que eram os textos sagrados dos Sacerdotes Jaguar, onde se explicavam oráculos, dizia que no começo uma estrada para as estrelas desceu dos céus. E os Deuses décimo terceiro e o nono, desceram dos céus à Terra.
E o fato de ter um fim determinado, é especulado que teria sido provavelmente adicionado pelos extraterrestres, prevendo que o mundo iria se acabar na data de 21 de Dezembro de 2012. Não são apenas os Maias que previam uma grande destruição no planeta, resultando no seu fim. No fim da Bíblia Cristã, existe um livro, escrito por João, chamado Livro das Revelações, ou Apocalipse de João. Onde um Anjo do Senhor apareceu para o apóstolo João na Ilha de Patmos, e ali foram ditas as previsões de como o mundo chegaria ao fim. Em suas visões, Deus iria julgar a humanidade. Anjos irão punir com catástrofes naturais, como terremotos, inundações, tempestades. 
Cavaleiros do Apocalipse de João
E mais evidências de um fim catastrófico foram encontradas em 1947, nas cavernas do deserto da Judeia. Arqueólogos encontraram cerca de 900 documentos que acreditam terem sido escritos na época de Jesus. Conhecidos como manuscritos do Mar Morto. Em um deles, o Manuscrito da Guerra é contada uma batalha apocalíptica entre as forças da Luz e das Trevas. Entre Anjos bons e maus. Este tema de Guerra entre bem e mal se repete em diversas culturas e em diversos momentos. A ideia de que facções rivais batalham entre si, cria para teóricos a ideia de que facções alienígenas rivais batalharão entre si em algum momento. A questão seria: Seria mesmo Deus quem estaria por trás das batalhas apocalípticas, ou seria um outro fator? E por que não seriam apenas obras de fenômenos naturais?